Atenção: Esse site só pode ser visualizado perfeitamente em um browser que suporta Web Standards. É recomendável que você atualize o seu browser clicando aqui. Obrigado e desculpe o transtorno.
04 jul 2019

Fundão Dam Science Meeting: Simpósio sobre os Efeitos do Rompimento da Barragem de Fundão

Nos dias 26 e 27 de junho a SETAC LA promoveu em Brasília-DF o Fundão Dam Science Meeting, simpósio com o objetivo de promover uma discussão científica, disseminar os resultados dos estudos já realizados e em andamento, decorrentes do rompimento da Barragem de Rejeitos Fundão, operada pela Samarco na mina Germano-Alegria.

Foram dois dias de intensas discussões a respeito dos resultados gerados até então e sobre o planejamento das próximas etapas do monitoramento, integração de dados e das ações voltadas à recuperação ambiental.

O evento reuniu instituições nacionais e estrangeiras, a comunidade e empresas para conhecer e discutir os projetos criados em rede para recuperar a bacia do rio doce. “Foram 72 trabalhos apresentados, que incluem os efeitos da barragem de Fundão no ecossistema aquático, no ecossistema terrestre e social, bem como soluções para, por exemplo, destinação dos resíduos”, destacou a Dra. Tatiana Heid Furley, presidente da Society of Environmental Toxicology and Chemistry na América Latina.

A APLYSIA assumiu um papel determinante no evento, apresentando dois trabalhos técnicos no evento: um sobre a Aplicação da análise de risco ecológico (EEI) como apoio à tomada de decisão na escolha de combinações de coagulantes e floculantes para uso na Região afetada pela ruptura da barragem de Fundão, pelo Diretor Técnico da APLYSIA Fernando Aquinoga; e outro trabalho sobre Avaliação ecotoxicológica do Rio Doce através de uma avaliação da qualidade da água superficial após colapso da barragem de Fundão pelo Pesquisador em Biologia da APLYSIA, Dr. Lucas Bueno Mendes. Além destes trabalhos, a APLYSIA apresentou posters em referência aos trabalhos realizados na área de estudo, que são: 1) Avaliação da Comunidade Bentônica no Rio Doce após o Rompimento da Barragem de Fundão; 2) Avaliação da Presença de Contaminantes em Peixes Comercializados na Costa Brasileira; e 3) Avaliação da Clorofila-a do Rio Doce: Lições Aprendidas Sobre a Consistência Metodológica e Analítica.

O simpósio foi uma iniciativa da SETAC LA e da CAPES juntamente com as parceiras FAPEMIG, FAPES, ANA e CNPQ, onde cada um assumiu um papel próprio na realização do evento. A TV Capes fez um vídeo sobre o evento e você pode assistir clicando aqui.

 

Foto: Haydée Vieira - CCS / CAPES