Atenção: Esse site só pode ser visualizado perfeitamente em um browser que suporta Web Standards. É recomendável que você atualize o seu browser clicando aqui. Obrigado e desculpe o transtorno.
07 ago 2017

Especialistas da APLYSIA são convidados para discutir questões estratégicas em Congresso Internacional

No próximo mês, nos dias 07 a 10 de setembro, vários pesquisadores, estudantes e profissionais dos setores acadêmico, empresarial e governamental vão participar da 12ª Reunião da SETAC América Latina para debater sobre ciência ambiental.

Neste evento, o especialista da APLYSIA, Fernando Aquinoga e Diretora Técnica da APLSIA, Tatiana Heid Furley, foram convidados para participar de mesas-redondas para discutir assuntos muito relevantes e atuais na questão ambiental. Veja abaixo mais detalhes dos assuntos que serão discutidos.

09/09 - 14h: Latin America ecotoxicology effluents regulation: status, equalization and progressive goals

Na América Latina, apenas o Brasil tem legislação ambiental federal que inclui a avaliação do potencial de toxicidade aguda e crônica das descargas de efluentes para as bacias hidrográficas (CONAMA 2011). No entanto, apenas o monitoramento da qualidade do efluente não é suficiente para proteger a biota do ecossistema aquático natural e manter os serviços ecossistêmicos; Metas de melhoria contínua para reduzir o potencial de toxicidade devem ser implementadas. No Brasil, apenas a legislação estadual do Rio Grande do Sul (CONSEMA 2006) inclui metas progressivas para reduzir a toxicidade dos efluentes industriais e domésticos, mas, infelizmente, após dez anos de vigência, esta lei foi revogada. Devem ser feitos esforços para aprender com estes e outros exemplos e expandir o controle de efluentes com base em ferramentas ecotoxicológicas para outras partes de América Latina.

10/09 - 14h: Global Horizon Scanning Project - Priority Research Questions for Latin America

A SETAC América Latina é uma das cinco Unidades Geográficas do SETAC, uma organização profissional global com a missão de alcançar a Qualidade Ambiental pela Ciência e garantir uma participação equilibrada do governo, das empresas e da academia. O único fórum tripartido que o SETAC fornece, facilita uma abordagem multidisciplinar e multipartidária para a identificação e resolução de problemas de qualidade ambiental. O Projeto Global Horizon Scanning (GSH) foi estabelecido para identificar e priorizar as necessidades de pesquisa ambiental mais críticas. Uma centena de questões de pesquisa foram submetidas pelos membros da SETAC LA e as 20 questões de pesquisa prioritárias foram selecionadas no Workshop de LA GSH realizado durante a 11ª Reunião Bienal do SLA, realizada em Buenos Aires em 2015.

Para participar do SETAC, faça inscrição pelo link: https://sla2017.setac.org/registration-2/registration/