Atenção: Esse site só pode ser visualizado perfeitamente em um browser que suporta Web Standards. É recomendável que você atualize o seu browser clicando aqui. Obrigado e desculpe o transtorno.
01 nov 2017

APLYSIA em "O estado da arte da revitalização de bacias hidrográficas"

No dia 31 de outubro de 2017 a APLYSIA, representada por sua diretora técnica, Dra. Tatiana Heid Furley, participou como convidada pelo senador e Presidente da Comissão De Meio Ambiente Davi Alcolumbre, da audiência pública destinada a debater O ESTADO DA ARTE DA REVITALIZAÇÃO DE BACIAS HIDROGRÁFICAS, por conta do sucesso com a renaturalização do Rio Mangaraí, que fica em Santa Leopoldina, na região Serrana do estado. A aplicação da técnica resultou no aumento em mais de 80% a quantidade de peixes no rio.

A audiência foi televisionada pela TV Senado, e pode ser acessada clicando aqui.

A técnica foi trazida pela APLYSIA, através do edital de inovação Tecnova da Fapes/Finep/MCTI, e usada no Brasil pela primeira vez.

Os resultados começaram a aparecer quase um ano após o início do projeto da APLYSIA chamado ReNaturalize, em um trecho de 200 metros do Rio Mangaraí, que é um dos principais afluentes do Rio Santa Maria da Vitória, que abastece a Grande Vitória. ]

Dentre os resultados obtidos, foram observados a redução da velocidade da água, o que permite uma infiltração maior no lençol freático; maior oxigenação da água; retenção dos sedimentos que descem o rio e que assoreiam não só o afluente, mas também o rio principal; aumento da biodiversidade no rio; formação de lugares com ramas, cascalho, o que cria maior heterogeneidade, e logo, maior biodiversidade.