Atenção: Esse site só pode ser visualizado perfeitamente em um browser que suporta Web Standards. É recomendável que você atualize o seu browser clicando aqui. Obrigado e desculpe o transtorno.
25 ago 2021

ReNaturalize: criando as condições para a natureza seguir o seu roteiro

ReNaturalize é o nome do método desenvolvido pela APLYSIA a partir da tropicalização de iniciativas similares realizadas na Europa e nos Estados Unidos. Seu principal diferencial é a capacidade de recriar a natureza, usando técnicas inspiradas nas estratégias de transformação naturais do meio ambiente. Os resultados demonstram eficiência em restaurar as condições naturais de um rio, em pouco tempo e de forma sustentável.

Com o ReNaturalize, a APLYSIA atua como coadjuvante. O personagem principal é o próprio ecossistema e sua habilidade intrínseca de regeneração. O objetivo do projeto é se colocar como aliado para acelerar um processo que, sem o apoio da ciência, poderia levar muitos anos ou nem acontecer.

 

Ciência e sensibilidade em cada etapa

Como toda ideia inovadora, o ReNaturalize é aparentemente simples, mas carrega a complexidade da ciência aplicada com conhecimento, sensibilidade e experiência. Ao longo dos últimos anos, a equipe de especialistas da APLYSIA pesquisou profundamente e em campo para desenvolver essa metodologia de restauração fluvial, desde os estudos prévios até a avaliação final.

Antes de qualquer ação, é preciso estudar o ambiente e seu entorno com profundidade,  entender  as causas da degradação e desvendar os aspectos que estão impedindo a retomada da vida. A água coletada em diferentes pontos é analisada. Outro aspecto importante é a avaliação física do leito do rio e de suas margens.

Com base nos estudos iniciais, os especialistas da APLYSIA elaboram o projeto, indicando as melhores técnicas e caminhos para a renaturalização. Um dos pontos centrais é a implantação de estruturas dentro do rio, montadas com materiais naturais encontrados na região, tais como troncos e galhos de árvores, pedras e cascalhos. Na amarração dos elementos, usa-se fios de sisal. O trabalho é praticamente todo manualUma forma de cuidado que orienta toda a ação do ReNaturalize.

Na etapa de implantação das estruturas no local, o ReNaturalize cria oportunidades para a realização de interações com as comunidades locais. Isso favorece a troca de conhecimento e potencializa a valorização dos resultados que serão alcançados no futuro.

Por fim, a APLYSIA realiza uma complexa avaliação dos resultados, por meio de diferentes indicadores. As análises do trecho objeto do projeto são comparadas com análises de trechos escolhidos para controle (trecho também degradado, mas que não foi renaturalizado) e de referência (trecho com boa qualidade ambiental). Os resultados podem gerar novas ações para otimização dos impactos positivos, assim como aperfeiçoamentos no projeto.

 

Resultados comprovados na prática

O ReNaturalize já foi implantado em trechos de rios no ES e em MG, com diferentes impactos antrópicos. Após um ano de trabalho observou-se que:

  - Os peixes voltaram para ficar. Houve um aumento do recrutamento dos peixes em até 38%, indicando um ambiente propício para alimentação, abrigo e reprodução de diferentes espécies.

  - Várias espécies de peixes tiveram aumento de até 100% de  biomassa, o que demonstra maior oferta de alimento.

  - A velocidade do fluxo da água foi reduzida, aumentando o tempo de retenção hidráulica em até 63,5%. Isso criou remansos que atraem a biota e controlam a erosão das margens.

  - Foi registrada uma retenção de mais de 10 toneladas de sedimento por estrutura implantada. Caso não houvesse redução no fluxo de água, esse material poderia ser carreado, prejudicando a qualidade hídrica e causando assoreando nos rios a jusante.

  - Foi percebida uma recomposição dos habitats dentro do rio, com aumento da heterogeneidade do substrato em até 46%.

  - Houve retorno das espécies e aumento da abundância de macroinvertebrados bentônicosem até 110%.

  - A cadeia alimentar entre as principais comunidades aquáticas (ictiofauna e macroinvertebrados bentônicos) foi restabelecida, indicando a capacidade do rio em dar continuidade à melhoria das condições de vida.

 

ReNaturalize e os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

ReNaturalize e os ODSs: Uma ferramenta para a boa Governança

 

Os resultados ambientais e sociais decorrentes do ReNaturalize estão vinculados a diferentes Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o que deixa clara a relevância do projeto para a agenda de negócios mundial.

 

 

-------------------------------------------------------

O INICIO DE TUDO

Entre 2015 e 2017, a Aplysia realizou a ação piloto do ReNaturalize no Espírito Santo. O foco foi um trecho do Rio Mangaraí, afluente do Rio Santa Maria da Vitória, importante fonte de abastecimento de água da Região Metropolitana da Grande Vitória. Neste projeto experimental foram testadas diferentes ações de tropicalização das técnicas usadas por especialistas europeus, sobretudo na Inglaterra.

Uma das metas era reduzir a quantidade de elementos sólidos que o Mangaraí adicionava à água do Santa Maria da Vitória. Isso aumentava os custos de tratamento da água a ser distribuída para a população da Grande Vitória. Para atingir essa meta, o ReNaturalize instalou troncos em pontos estratégicos para diminuir a velocidade da água, criar remansos e propiciar a retenção da lama.

 

Em pouco tempo, houve aumento na biodiversidade, redução do carreamento da lama e os peixes voltaram ao rio. As comunidades próximas participaram de todo o projeto, ajudando os pesquisadores e trabalhando na construção das estruturas. As crianças da escola da região também participaram visitando o projeto para conhecer o rio e toda a sua riqueza. O ReNaturalize foi tema de um concurso de desenhos e redação entre os alunos e gerou empolgação entre eles.

Após um ano, a análise mostrou que cada tronco reteve em média 10 toneladas de sedimentos. Além de reduzir a quantidade de lama no Santa Maria da Vitória, isso evitou a ocorrência de enchentes nas regiões mais baixas.

No final de 2016, a Aplysia conquistou o 1° lugar do Prêmio Ecologia, na Categoria Inovação em Soluções para a Gestão da Água - Foco Empresarial pelo projeto ReNaturalize.

-------------------------------------------------------

Veja a Websérie ReNaturalize: clique aqui